terça-feira, 28 de junho de 2011

Já Tive Um Grande Amor



Já tive um grande amor
foi tudo tão maravilhoso
durou o tempo que devia
eu jurava que seria
para toda minha vida.

Mas, com tempo passando
aprendi o quanto foi importante
fazendo com que minha vida
não passasse em branco
o período que juntos estivemos.

Hoje não devo me queixar
foi um grande amor e real
que para sempre ficara marcado
sem nada poder apagar
sendo que agora, ficou para trás.

Minha vida segue adiante
enquanto eu tiver forças
devo ter fé e muita esperança
sem qualquer medo de ser feliz
buscando um novo grande Amor.

Celso Ant. Dembiski

Só Vendo, para Crer



Só vendo para crer
assim dizia São Tomé
tudo ali acontecendo
incrédulo e boquiaberto
ainda não acreditando
sem nada poder fazer
não estando ao seu alcance
para que possas resolver
tendo aqueles que podem
fingem nada ver
isto que eu não entendo
como este Mundo é ingrato
pobres sofrem tanto
sendo íntegros e ingênuos
tendo aqueles que hoje
passam frio e até fome
são dignos e não roubam
por zelarem seu nome
pagam caro pela vida
zombados pela rica maioria
que vivem a enganar
pouco se importando
quem vai lhes cobrar
se a justiça, acoberta
os mandos e desmandos
daqueles que tem o poder
nem mesmo eu vendo
vou poder assim acreditar
o que dizia São Tomé
que só vendo para crer
a verdade sendo mostrada
ainda assim, será contestada
na simples cara dura
mesmo com testemunhas
somente Deus poderá cobrar.

Celso Ant. Dembiski

Como Sou



Quando me conheceres
descobrira minhas verdades
encontrara muitos medos
escondidos a flor da pele.

Alguns segredos desvendados
guardados a sete chaves
que por razões diversas
estiveram tão bem guardadas.

Minhas virtudes escancaradas
sendo assim averiguadas
por que tens o direito
de virar-me do avesso.

Os defeitos antes omitidos
surgiram como raios disparados
sem qualquer desculpa
mostrando-me por inteiro.

Quero que saiba como sou
dentro deste meu Mundo
apenas um pequeno ser
que tem muito a aprender.

Celso Ant. Dembiski