quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Por do Sol



Meus olhos

fitam o infinito

quando desponta

no horizonte magnífico

os primeiros raios

que emanam

na escuridão

prenunciando novo dia

extasiados ficam

com tamanho espetáculo

de rara beleza

meus olhos

apenas contemplam.


Celso Ant. Dembiski

Lágrimas



Nas armadilhas do coração

transbordam pensamentos mil

revelando segredos escondidos

pelas lágrimas do acaso

expostas rolam na face

envolvendo tantos sentimentos

por delírios tão incontidos

armazenados dentro do peito

que nos pregam algumas peças.


Celso Ant. Dembiski

Perder-se nos Pensamentos



Quando me perco nos pensamentos

é porque busco nas lembranças

de um passado tão distante

a realidade dos meus desejos

que estiveram apenas dormindo

na vontade de me encontrar

com os anseios bem aflorados

o que um dia eu projetei

para viver neste meu Mundo.

Celso Ant. Dembiski

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Duas Faces do Olhar



Neste olhar duas faces
uma que fica no escuro
que através das nuances
sinto-me até inseguro.

Há um medo que habita
sem enxergar a verdade
sendo assim, o coração palpita
para enfrentar a realidade.

Quando vejo com clareza
enfrento melhor cada dia
a vida tem outra pureza
lutando sempre com a ousadia.

Num misto que me invade
de alegria e tristeza me visto
está é uma grande verdade
no olhar da claridade insisto.

Celso Ant. Dembiski

O Acaso



Do acaso do Mundo
o tempo é apenas efêmero
tudo que era distante
por vezes, estava tão perto
em caminhos tortuosos
encontrei grandes desafios
nos desatinos que enfrentei
mudei para poder viver
nas searas do destino
o tempo era marcado
passando até despercebido
nesse Mundo tão aguerrido
de amores e pudores
entre sonhos e realidade
a igualdade da busca
se perdia pela vida
na luta de poder buscar
o acaso da singela vida
perdida na distância
que se faz este Mundo.

Celso Ant. Dembiski

Trem Bão



Eita! Que esse trem é bão
essa mulherada é muito danada
deixa qualquer homem sempre doidão
que se assanham em ficar pelado.

Gostam das imagens insinuantes
que extravasam na linguagem
escrevem coisas bem interessantes
e tudo acaba na boa camaradagem.

Deixa os homens de olhos espichados
querendo enxergar onde não podem
ai quando esquentam, as mulheres fogem.

Eita! Que esse trem é bão
essa mulherada tem mente fértil
até o homem impotente se acha viril.

Celso Ant. Dembiski