quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Viva o Amor




Não corra, não fuja
volte para mim
deixe os se não
pense, reflita
sem talvez
nada de amanhã
hoje é o dia
o momento é agora
esqueça o medo
sem ansiedade
sem exagero
quero teus beijos
no peito angustiado
bate meu coração
acelerado pela paixão
venha, não demore
quero teu abraço
preciso do teu enlaço
em ti me envolver
sem embaraços
adoro este teu jeito
aconchegue-se no peito
ver-te assim, a sorrir
faz-me mais feliz
vivendo este prazer intenso
deste lindo amor
compartilhado a dois.

Celso Ant. Dembiski

Pingos de Chuva




A flor da pele eu sinto
as emoções mais sentidas
são gotas dos pingos de chuva
que molham meu corpo
também invadem minha alma
encharca todo o meu ser
trazendo-me o sabor do prazer
ardente percorre meu corpo
sinto o perfume que transcende
escorrendo em meu peito molhado
são vontades que rege
querendo tuas mãos desnudas
dedilhando com toda harmonia
em minuciosa cadência
num descompasso meu peito lateja
com o toque dos dedos lascivos
sinto nos lábios em tremor
mordendo o canto da boca
no intimo uma grande sinfonia
a alma transborda tanta alegria
arrepiando a pele toda molhada
nas emoções que são sentidas
pelas gotas de cristal transformadas
pelos pingos da deliciosa chuva.

Celso Ant. Dembiski

Nossos Momentos




Como há momentos
que ficamos sem saber
nem mesmo, direito pensar
nos calamos de tal jeito
mudos, sem perceber
se passam segundos,
minutoso tempo a transcorrer...

Como há momentos
eis que me invade a alma
com teu olhar penetrante
o peito em arritmia
já nem sei o porque
se é de alegria ou tristeza
sufocado por um instante...

Como há momentos
que no silêncio
parece falar muito mais
é loucura ou sensatez
já nem sei o que pensar
o que está acontecendo
razão ou emoção se manifestando...

Como há momentos
que é raro, mas me deparo
olhando o horizonte, alheio
sem saber do porque, ali estava
divagando nos meus pensamentos
não enxergava nada do presente
minha mente voava pelo tempo.



Celso Ant. Dembiski

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Homem Menino




Sou um pobre Homem Menino
que vivo em meu canto
acanhado é meu jeito
que sucumbe aos teus encantos...

Vislumbro-te tão loucamente
nessa minha timidez inquietante
com vergonha de não aceitar
tenho medo em te abordar.

Quando a noite chega de mansinho
altivos meus sonhos florescem
é nestas emoções que me entrego
com puro desejo dos teus beijos...

Nos olhos sinto o brilho
dos sentimentos mais ativos
feito um Homem Menino
em devaneios deste incrível destino...

Em ti procuro a razão
mas nem perto eu chego
você tira-me do sério
acanhado no canto me entrego...

Sozinho minha sede sacio
vejo em ti ternura e carinho
querendo ceder aos encantos
nesta timidez de Homem Menino.

Celso Ant. Dembiski

Ah! Menina Mulher




Por este teu jeito de ser
com olhos bem penetrantes
profundos e tão brilhantes
brilham no olhar radiante
na face tão contagiante...

Por este teu jeito de ser
com traços bem marcantes
não esconde seu semblante
de silhueta tão acentuada
mostra a origem da tua etnia...

Por este teu jeito de ser
com faceta de menina moleca
de cabelos soltos, esvoaçantes
peralta de trejeitos marcantes
brinca como uma Menina Mulher...

Por este teu jeito de ser
como a beleza da flor
parece mais uma rainha
destacando-se pela sua cor
reina com todo prazer...

Por este teu jeito de ser
que pergunta com os olhos
que responde com as mãos
que se manifesta no sorriso
estremece meu coração...

Por este teu jeito de ser
que por onde passa, encanta
deixando todo seu carisma
fascina pela forma que é
neste teu jeito de Menina Mulher.

Celso Ant. Dembiski

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Aqui Não Tem Distância




Como não deixar de pensar, do sério você conseguiu me tirar.

Por tempos estamos tentando nos falar, sendo que; sempre algo está nos acontecendo.

E o tempo, assim vai passando, por vezes vamo-nos cumprimentando.

Os desejos, a cada dia vão crescendo e, dentro do peito sendo guardados.

Acumulados para serem extravasados, de uma forma que; apenas nos sonhos estes desejos sejam tão vivenciados.

Sempre aquela louca sensação, de querer-te ver e saber o que está a pensar, quando da vida pudermos compartilhar.

O Mundo uma grande loucura e também uma grande conspiração.

A teimosia e o medo imperam, com isto nos afastamos cada dia mais, e, cada um indo para o seu canto.

Distantes, apenas na dimensão geográfica, em lugares extremos do país ou, de qualquer lugar. Mas que, de certa forma, parece estarmos tão pertinho, falando da vida, de amor e carinho.

Celso Ant. Dembiski

Amor Não Correspondido




Amor não correspondido
amor que nunca vivi
dei tantas esperanças
nem mesmo sei porque
alimentando um coração ferido
sem saber porque o fiz.

Amor não correspondido
amor que foi desprezado
não entendi como aconteceu
mas assim ele se deu
quando vi já era tarde
meu coração não correspondeu.

Amor não correspondido
amor que nunca sonhei
busquei te dar conforto
em meus braços acalentei
foi por puro carinho
minha amizade compartilhei.

Amor não correspondido
amor que um só amou
insistia em querer amar
numa loucura quase insana
buscava nas fortes emoções
conquistar seu coração.

Amor não correspondido
amor por mim também vivido
sonhava ser tão verdadeiro
que eu pensava ser comprometido
imaginei-me tão facilmente
quando vi estava perdido.

Amor não correspondido
amor que se deu por alguma razão
na troca de carinho e atenção
eu, você e, tantos outros se iludiram
achando que éramos correspondidos
um amor impossível de ser vivido.

Celso Ant. Dembiski

Assim Também Sou




Sou inconseqüente
às vezes irreverente
por vezes estou certo
noutras estou errado
sei que sou assim.

Também sou emotivo
em meus olhos um brilho
pelos momentos de comoção
lágrimas que escorrem tristes
relatam meus sentimentos.

Tudo o que pressinto
mostro e não minto
na emoção do meu ser
nada tenho a esconder
aquilo que devo viver.

A angustia aparece
o meu coração enfraquece
tudo vem e desaba
por nada dar certo
quando me sinto incapaz.

Depois que o peito chora
a arrogância vai embora
certo ou errado sossega
enquanto o corpo descansa
a Paz na alma aflora.

Celso Ant. Dembiski

sábado, 26 de setembro de 2009

Flores em Meu Caminho




Enquanto houver flores no Mundo
elas nascerão em meu caminho
devo apenas seguir por ele
porque sei que é meu destino.

Não me importa de que cores sejam
desde que por ele flores cresçam
nas mais variadas espécies
mesmo que também tenham espinhos.

Na extensão deste caminho
espalhadas por todos os lados
estarão as mais belas flores
que enfeitam e perfumam meu rumo.

A essência que exala abundante
sinto em cada canto que passo
que nas entranhas do meu ser
inalo o perfume das flores.

Celso Ant. Dembiski



Sonhos e Segredos



Pensamentos evidentes
no peito incomodando
faz-se apertado
coração machucado
em desejos ardentes
pedindo um amor
querendo um toque
solicitando atenção
falta de carinho
ausência de amor
emoção ardente
lágrimas que caem
afagam a alma
aquece o peito
pulsando as veias
buscando o toque
de tanta espera
segredos evidentes
dos sonhos ardentes
revela-se a carência
lavando o peito
assoprando ao vento
libertando a alma.

Celso Ant. Dembiski

Meus Passos




Por onde passo
busco meu espaço
sem qualquer medo
procuro dar meus passos...

Em todos traços e linhas
uma regra básica
seguir sempre em frente
para as metas definidas...

Nestes passos futuros
busco o tempo perdido
trago no peito sofrido
grandes emoções sentidas...

O caminho que sigo
descubro um novo traçado
entre retas e curvas
procuro dar passos cadenciados...

Norte ou Sul não importa
nas entranhas deste ser
Leste ou Oeste eu sei
estou no caminho do bem...

Na imensidão deste Mundo
faço dele meu lar
com tristeza ou alegria
sigo meu plano de vida...

Pelo ar estou a poder voar
por terra sempre a caminhar
no mar estou a velejar
meus sonhos em todo lugar...

Tudo que é possível eu vivo
e o impossível tento também
com meus passos sigo em frente
buscando o meu espaço.

Celso Ant. Dembiski

Energia do Amor




O amor existe
tanto que insiste
e por isto persiste
não se deixa levar
muito menos amordaçar.

É o melhor dos sentimentos
o coração adoça todo momento
vive para liberar energias
contagiar na sua alegria
a quem se deixa amar.

Mesmo estando triste
conhece todos os caminhos
por vezes sente-se usado
alguns são mal amados
mas sabe quando vai passar.

Amor fonte de energia
da Paz e tranqüiliza a alma
é o fogo que incendeia
é o oxigênio que queima
quando verdadeiramente se ama.

Celso Ant. Dembiski

Deixe-me




Deixe-me conhecer-te
mesmo que seja em partes
cada dia uma novidade
para viver nossa realidade.

Deixe-me sentir teu calor
em meu peito te abraçar
nos teus braços me enlaçar
fazendo o amor revigorar.

Deixe-me olhar em teus olhos
o que tua alma quer dizer
neste brilho que ilumina
a força do nosso destino.

Deixe-me ver teu sorriso
sentir nos teus lábios macios
o sabor desta louca paixão
firmando no beijo nossa união.

Deixe-me amar-te loucamente
entregar-me a ti por inteiro
neste leito fazer nosso ninho
para nunca mais nos separar.

Celso Ant. Dembiski

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

A Arte de Viver




A vida é uma grande arte
que precisamos aprender a viver
em cada novo dia, um passo
pois, ao acordar todas as manhãs
depois de ter um lindo sonho
para que um dia possa realizá-lo
colocando em pratica o que foi sonhado
e mesmo que venha cair um tombo
jamais, pensar em querer desanimar
poder sim, levantar sem medo
e encarar a vida de frente
superando todas as dificuldades
em qualquer lugar que aparecerem
sem lamentar nenhuma decepção
não deixando as tristezas afligir
mas sim, com elas poder aprender
e ainda por cima também sorrir
não desanimando em momento algum
olhando sempre para frente
seguindo os bons e certos caminhos
na esperança de dias melhores.

Celso Ant. Dembiski

Mistérios




Quanto mistério nos ronda
centenas deles pelo Mundo
que nos faz repensar
quando algo está, a nos incomodar
sem saber o porque
também somos um enigma
como as tempestivas nuvens
que por tantas vezes tão serenas
que tanto nos intriga
iguais aos pensamentos
que passam como um flash
deixando os sentidos indefinidos
que nos fazem questionar
como não ir mais além
pelo medo do que iremos encontrar
tentando querer decifrar
mesmo em noite enluarada
com milhões de estrelas cintilantes
espalhadas pelo firmamento
estamos nós a imaginar e sonhar
será que existe outros Mundos!
o que de interessante pode haver!
nossa imaginação querendo desvendar
como também o pote de ouro
no fim do arco-íris enterrado
quanta magia nos envolve
por isto que ficamos a sonhar
e os mistérios da vida
a todo instante surgindo
e nós, pobres mortais
querendo sempre poder desvendar.

Celso Ant. Dembiski

Seu Caminhar




Que no seu caminhar
possa fazer dos seus sonhos
uma nova caminhada
com muitos desejos
e que nesta realidade
renove os seus encantos.

Que no seu caminhar
possa atingir seus objetivos
superando todos os obstáculos
que no caminho surgirem
podendo seguir adiante
sempre com confiança.

Que no seu caminhar
possa encontrar grandes amigos
conquistar novos espaços
com vontade e determinação
suprindo qualquer solidão
curtindo a vida com emoção.

Que no seu caminhar
tudo saia a contento
fazendo de cada momento
a realização dos seus sonhos
nas mais belas conquistas
tendo muita Paz e tranqüilidade.

Celso Ant. Dembiski

Sem Medo de Enfrentar a Vida




A vida é uma grande luta
que tem grandes conseqüências
e na seqüência do viver
passamos por grandes realizações
com ela também vem às desilusões.

Procurar na alegria, boas companhias
é guarida dos bons sentimentos
que partilhados os seus momentos
teremos as mais fortes das emoções
porque poderemos com alguém compartilhar.

A solidão quando mal entendida
leva as pessoas a difíceis despedidas
o isolamento em seu próprio canto
enfermos tornam-se os sentimentos
e sua cura, será uma grande luta.

Nem só de trabalho é que se vive
precisamos aproveitar também os prazeres
dentro de todas as normalidades
buscamos progredir nossos erros e acertos
vivendo a vida com grande respeito.

A vida é preciso que seja bem vivida
não importa como ela se apresente
os sonhos são desejos do nosso despertar
para que possamos tudo enfrentar
sem medo do que teremos de enfrentar.

Celso A. Dembiski

Viver a Vida




Viver a vida plenamente
é seguir plenamente
que o destino lhe oferece
sem medo de ir adiante
buscando os meios certos.

Viver a vida com harmonia
é poder regar as flores do jardim
cuidando para que floresçam
permanecendo sempre viçosas
transbordando amor sem fim.

Viver a vida sem medo
é buscar nos pequenos sonhos
a realização dos seus objetivos
guardados a sete chaves
e concretizá-los com alegria.

Viver a vida com dignidade
é saber perdoar os erros alheios
que nos fazem perder o sono
sem se aproveitar da situação
vivendo a vida com o coração em Paz.

Celso Ant. Dembiski

sábado, 19 de setembro de 2009

Mãe




Mãe... é a chama da vida
início de novos dias
um dos pilares da casa
base de sua sustentação.

Mãe... é a pureza do amor
não tem minuto e nem hora
não importa se é dia ou noite
está presente a todo instante.

Mãe... fruto de muita bondade
carrega no peito a esperança
em seu ventre as sementes
para germinar a humanidade.

Mãe... de força e muita grandeza
dotada de tanta sensibilidade
abrindo mão da sua liberdade
dando toda atenção a sua prole.

Mãe... guerreira que não descansa
conserva a fé em seu peito
ensinando sempre do seu jeito
o aprendizado de sua vida.

Celso Ant. Dembiski

Dor de Viver Sozinho




Solidão é o frio que queima
a saudade é o fogo que arde
do seu jeito nos consomem
no peito, é que tudo sentimos
porque é assim que pensamos
a saudade trás tantos sentimentos
que buscamos revivê-los no tempo
sejam elas, tristes ou alegres
assim, nossa história vai se fazendo
como uma canção que relembramos
sonhamos com os tempos de outrora
só que no silêncio que queima
o pior é a tristeza de estar só
como o vento que nos leva
a alma vaga tão distante
em busca de uma companhia
a vida segue adiante
deixando marcas pelo caminho
do rumo que o Mundo segue
o único problema é viver sozinho
não importa no tempo em que vivermos.

Celso Ant. Dembiski

Minha Paz, Minha Luz




No silêncio da noite
a Paz reina tranquila
para que o dia renasça
com força e sabedoria
em uma perfeita harmonia
sem qualquer contrariedade
dando o melhor de mim
na busca da felicidade
em total desapego
dos bens mutáveis
por este Mundo afora
onde minha vontade impera
sobrevivendo as contrariedades
renovo os meus princípios
buscando ser justo
sem esperar qualquer benefício
assim vivo meus dias
esperando a noite chegar
para poder descansar
e dentro dos meus sonhos
buscar a Luz para melhorar.

Celso Ant. Dembiski

Fino Salto




Quem dera poder dizer
que seu andar encanta
a cada passo uma nota
no fino salto que transporta
como a mais bela sinfonia.

Quem dera poder registrar
neste teu belo gingado
a leveza do seu andar
traça um compasso marcado
no toque da bela melodia.

Quem dera poder marcar
nas batidas do fino salto
que suporta todo seu peso
com a beleza de lindas pernas
entrelaçam-se em cada passo.

Quem dera poder flutuar
dançando a mais linda canção
indo de um canto a outro
na mais perfeita sincronia
os pés em cima do fino salto.

Celso Ant. Dembiski

frase 12



Que a sua noite seja tranquila
e o sono reconfortante.
Recuperando suas energias
para enfrentar um novo dia,
com muita Paz e Alegria.

Celso Ant. Dembiski

Marcas




Sabemos que muitas coisas
marcam nossas vidas
apesar de muitos afirmarem
que não.

Porque muitas destas coisas
são apenas materiais
outras, no entanto,
são as belezas naturais.

Mas, o que mais marca
em nossas vidas
e jamais serem esquecidas.

Portanto, saiba que hoje
você faz parte da minha vida
e de tantas outras.

Celso Ant. Dembiski

Memórias




Ainda recordo-me facilmente
daqueles dias de outrora
levam-me a uma parte da história
que vida na infância eu tinha
ficou marcado pelo tempo.

São lembranças ainda recentes
apesar dos anos passados
as dificuldades que eu tinha
carregava no peito muita alegria
superando tristezas quando havia.

Apesar dos tempos difíceis
tudo era bem mais complicado
água encanada aqui não tinha
como também á rede elétrica
ah! que falta nos fazia.

Tudo a seu tempo foi superado
as brincadeiras que outrora fazíamos
e também dos trabalhos do dia a dia
ficaram gravados em minha memória
esses bons tempos que eu tinha.

Celso Ant. Dembiski

Páginas da Vida




As páginas da vida
escritas todos os dias
e, a cada dia
um novo capitulo
surpresas a todo instante
momentos de intensas alegrias
como também de tristezas e dissabores
sentimentos de muita realização
noutras, no entanto, de decepções
assim é a vida a cada dia
e nela vamos escrevendo nossa vida
a cada dia um capitulo diferente
com esperança e muita fé
é que poderemos atingir altos vôos
galgando os degraus da vida
e jamais esqueça, que:
No livro da vida, você é o autor
único e responsável por ela
que não permite qualquer ensaio
o seu palco está em todo lugar
a cada momento uma cena
e a cada dia um capitulo
construindo ás páginas da vida.



Celso Ant. Dembiski

Felicidade




Felicidade, desejada por todos
procurada por todo canto
mas como saber?
onde achar?
felicidade não tem cor!
felicidade não tem raça!
felicidade não tem cheiro!
felicidade não tem preço!
não podemos desistir
temos que persistir
é viver com intensidade
na mais pura realidade
felicidade não tem tempo!
felicidade não tem hora!
felicidade não tem distância!
felicidade não tem religião!
temos que saber agradecer
viver cada momento
a felicidade é agora
é saber e querer viver
está na alma do meu ser.

Celso Ant. Dembiski

Pensamentos




Meus pensamentos viajam
percorrendo o Mundo
perfurando a Terra
adentrando nas nuvens
mergulhando fundos mares
como verso em prosa
palavras ao vento
ditas ao relento
vagam pelo Mundo
a forma não importa
estou aqui ou acolá
acordado ou dormindo
sério ou talvez triste
mas, no íntimo
sei que estou sorrindo
buscando outros caminhos
derrubando cercas
refazendo muros
oferecendo a vida
um novo caminhar
como num labirinto
alguma saída achar
irradiar meus pensamentos
uma solução encontrar
nesta mente que está a vagar.

Celso Ant. Dembiski

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Aquela Janela




Aquela janela
que abre na tela
um Mundo de ilusão
perdemos a noção
por falta de percepção
no tempo que voa
desse Mundo virtual
que faz bem ou mal.

Aquela janela
que abre na tela
aguça nossa imaginação
buscando informações
ter novos conhecimentos
por esse Mundo afora
exploro meus sentimentos
neste ciclo virtual.

Aquela janela
que abre na tela
abrindo um novo Mundo
conhecendo pessoas
mudando meu rumo
trocando recados
passando mensagens

sorrindo para a vida.

Aquela janela
que abre na tela
deixa-me alegre
deixa-me confuso
vejo-te bem real
podemos conversar
sem poder se tocar
neste Mundo virtual.

Aquela janela
que abre na tela
podemos interagir
assim se comunicar
não importa a distância
é a janela da esperança
encontrar o que quero
nesta era digital.

Celso Ant. Dembiski

Chamas da Vida




Que a luz que irradia em seu peito
seja tão brilhante quanto ao Sol
expandindo-se por todos os lugares
contagiando aos que ao seu redor ficam
podendo realizar os seus desejos
que carrega, escondidos dentro do peito
como segredos a sete chaves
acreditando nas chamas do amor
guardadas e espalhadas pelos sentimentos
que se abrigam dentro do seu coração
e essa esperança reflita-se em todos
como as chamas da Luz da Vida.

Celso Ant. Dembiski

Prazer de Fazer




Faça o bem pelo prazer
tudo que é prazeroso é bom
porque tudo que agrada
é feito com muito amor
e não necessita nada em troca
quanto mais der de si
mais reconfortante será
apenas pelo prazer de fazer
não se importando quem vai receber.

Celso Ant. Dembiski

Nossos Atos




A vida é consequência dos nossos atos,
pois, as atitudes que tomaremos,
serão as razões dos acontecimentos,
das nossas vidas no amanhã.

Cada decisão precisa ser bem avaliada,
para que as ações de cada emoção,
não sejam prejudiciais no intento,
da razão destes bons momentos.

Quando temos bons pensamentos,
tudo na vida flui com mais desenvoltura,
as boas energias emanam-se do positivismo,
fazendo o nosso caminhar mais tranqüilo.

Crescer, é querer estar de bem com a vida,
para assim, poder partilhar as boas coisas,
com as pessoas que nos cercam a todo instante,
por todos os lugares onde passarmos.

Acreditemos na vida enquanto pudermos,
aproveitando todas as oportunidades,
que nos forem surgindo a cada caminho,
dessa forma, desfrutaremos a vida com mais sabor
na Paz e no Amor.

Celso Ant. Dembiski