segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Viver sua História




Viver se faz necessário
e o momento é agora
já não se pode esperar
é contemplar o por do sol.

Viver é se entregar á vida
carregando sua própria cruz
sem ter que depender de outrem
para não se sentir preso.

Viver é poder gritar de alegria
irradiar o seu carisma
é vontade de poder viver
mostrando o sorriso nos lábios.

Viver é querer conquistar o Mundo
abrindo novos caminhos
agregando mais conhecimento
valorizando-se como pessoa.

Viver é doar-se em vida
conhecendo outras pessoas
dividindo o seu espaço
construindo sua própria história.

Celso Ant. Dembiski

Nossas Atitudes




Nossas atitudes são o que nos impulsionam para frente ou para trás, tudo depende do que fizermos para merecer.

Podemos ir pelo caminho certo, conquistando vitórias, tendo sucesso naquilo que almejamos, realizando nossos sonhos, como também podemos fazer as coisas erradas, nos afundando em algum atoleiro desta vida.

Nossas atitudes são as bases do nosso alicerce, onde nos darão o equilíbrio para a sustentação das nossas vidas. Na formação do nosso caráter, onde podemos ser vistos como pessoas boas, esforçadas e tudo mais. Assim, poderemos ser vistos como pessoas fracassadas, pobres de espírito e, até por coisas piores dependendo das atitudes que estivermos tomando.

Nossas atitudes são o que nos tornam pessoas do bem ou do mal, bonitos ou feios, ricos ou pobres, e tudo mais nesta vida. Pois, são fatos preponderantes em nossos dias, devido as atitudes que tomarmos no caminho que devemos seguir.

Celso Ant. Dembiski

Novo Amanhã




A cada novo amanhã
surge-nos uma nova oportunidade
para podermos realizar tudo aquilo
que um dia deixamos de fazer.

A cada novo amanhã
é a luz que nos surge radiante
com melhores esperanças
de ter um dia mais gratificante.

A cada novo amanhã
temos uma nova chance
de poder realizar nossos desejos
que na noite anterior sonhamos almejar.

A cada novo amanhã
podemos fazer um novo dia
dentro da nossa bela realidade
que essa verdade seja respeitada.

A cada novo amanhã
levantar com muita disposição
agradecer uma nova oportunidade
de poder realizar o que amamos

A cada novo amanhã
acordar sorrindo para a vida
criando as melhores expectativas
de se ter um dia mais radiante.

Celso Ant. Dembiski

domingo, 22 de novembro de 2009

Fragilidade




Em nossa fragilidade
tantas são as vontades
uma delas é chorar
vontade de sumir
outras de ir embora
de tantos problemas que temos
a vida nos prega muitas peças
dentre as angustias que sentimos
desejamos sanar cada uma delas
buscando sempre o melhor
mesmo que seja distante
num lugar tão diferente
longe daqueles que amamos
que por vezes
nem assim enxergamos
ficamos a flor da pele
por coisas tão banais
que quando caímos em si
muitas coisas, já fizemos
certas ou erradas
isto já não importa
enquanto não mudarmos
continuaremos do mesmo jeito
com medo de mudar
a fragilidade maior será.

Celso Ant. Dembiski

Magia do Luar




Em teus olhos tem brilho
neles enxergo a noite que cai
vejo entre milhares de estrelas
o sorriso que nos lábios tem
perco-me dentro de tanta alegria
que em cada pedaço te resplandece
esse horizonte é tão infinito
que a Lua clareia seu caminho
deixando o meu mais radiante
e neste encanto noturno
até o canto da coruja que pia
torna-se uma simples sinfonia
fluindo-se na mais terna melodia
entre os raios prateados da Lua
fulguram também as estrelas
fazendo deste lindo Universo
o jardim da minha morada
do qual você comigo compartilha
admirando as estrelas e a Lua
sonhando com planetas distantes
estamos nós dois a contemplar
irradiando nos olhos brilhantes
a mais louca vontade de nos amar.

Celso Ant. Dembiski

O Tempo Passou




Quanto perdi nesta vida
deixei passar sem agir
fiquei a pensar por tempo
esse tempo foi dias, meses e anos.

Passei foi tempo demais
a pensar na minha vida
tantas coisas que se passaram
que já nem lembro quando foi.

Fiquei de ver e consultar
para poder melhor entender
mas quando pensava fazer
outras eram quem entrava na vez.

Querendo muito poder encontrar
uma maneira de melhor entender
porque deixamos o tempo passar
sem entender o verdadeiro sentimento.

Fazes, loucos pensamentos
noutras, tempos de bons momentos
assim se passou muito tempo
deixei meu tempo apenas passar.

Celso Ant. Dembiski

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Libertar os Pensamentos




Vivo viajando em pensamentos
liberto nele meus sentimentos
que por vezes estão aprisionados
frustrados por estarem no cativeiro.

Como se dependessem apenas deles
existem outros fatores extremos
que me leva a querer remediar
das ilusões que tentei sanar.

Sou movido pela paixão
que fecho os olhos e sonho
tento fazer a cachola funcionar
dos desejos que quero realizar.

Vivendo com muita intensidade
o que a vida pode me dar
irradiando felicidade para todo lado
sem medo de viajar nos pensamentos.

Celso Ant. Dembiski

Dia Perfeito




Que seu dia seja perfeito
dentro daquilo que for possível
seguindo o curso da natureza
para não se perder em futilidades
que surgem a todo instante.

Que seu dia seja perfeito
como o sol é para o dia
que clareia e aquece seu curso
sem cobrar qualquer tributo
porque segue seu ciclo da vida.

Que seu dia seja perfeito
igual a chuva que vem e molha
irrigando a terra do campo
que enriquece os grãos plantados
para a natureza florescer o alimento.

Que seu dia seja perfeito
como as mais belas flores do jardim
cada uma há seu tempo
vem trazer o mais lindo colorido
exalando perfume para todos sentir.

Que seu dia seja perfeito
deixe a alegria invadir seu peito
busque compartilhar com as pessoas
sejam elas conhecidas ou não
multiplicando os sorrisos na multidão.

Celso Ant. Dembiski

Fim de Semana




E o fim de semana chegou
com ele vem os encantos
que seja tempo de sol
para termos um bom descanso
alimentarmos a nossa alma
carregando de alegria nosso espírito
tendo os mais lindos sonhos
realizando os desejos improváveis
fazendo neles grandes viagens
buscando no silêncio da madrugada
o retiro para a vida agitada que levamos
relaxando dos dias estressantes
compartilhando todas as esperanças
aproveitando bem o tempo
curtindo a natureza da vida
que nos é agraciada todo dia
trazendo nos Paz e harmonia
desfrutando do fim de semana.

Celso Ant. Dembiski

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Escola da Vida




Busque agradecer todo dia
certamente você deve merecer
por estar na escola da vida
quando seus sonhos alcançar.

Não mendigue esmolas desnecessárias
daquelas que não precisa ganhar
dentro de você há forças ocultas
que as descobrira quando mais precisar.

Tua missão na vida é descobrir
onde mais poderá ajudar
tantos são aqueles que precisam
que no seu dia a dia descobrira.

A beleza que tem dentro de si
não será você que vai encontrar
somente aquele a quem você ajudar
que vai agradecer a beleza do seu ser.

Com sabedoria devemos saber discernir
as dádivas que recebemos todo dia
pois é nesta escola da vida que aprendemos
que nossos sonhos poderão se concretizar.

Celso Ant. Dembiski

Viver está Loucura




Quero viver está loucura
seja noite ou dia
nada mais me importa
se é calor ou frio.

Quero viver está loucura
sem ter medo de amar
preciso agora te dizer
sem medo de me deixar.

Quero viver está loucura
livre para poder voar
sem medo desta prisão
para não ficar na solidão.

Quero viver está loucura
apenas com verdades
longe de qualquer mentira
sentindo mais brilho na vida.

Quero viver está loucura
me consumir na alegria
vivendo dia e noite
na mais perfeita harmonia.

Celso Ant. Dembiski

Dramas




Quantos dramas fazemos
construindo muros imensos
escondendo muitos sonhos
entre tantos alicerces
alguns são bem profundos
cavados no subconsciente
deixando ali perdidos
para história não virar
morrem sem ao menos tentar
desejos insatisfatórios
então porque explorar
vivendo sonhos sem vida
continuamos a dramatizar
dos improváveis medos
dessa vida vivenciar
porque somos imperfeitos
temos medo de amar
descobrindo os sonhos
o que a vida nos ensinar
ao não querermos acreditar
porque somos dramáticos demais.

Celso Ant. Dembiski

sábado, 14 de novembro de 2009

Colher e Compartilhar



Nos contatos que temos em nossas vidas, não devemos esquecer do carinho e gentileza que recebemos. Por mais escassos que sejam os manifestos, somos lembrados pelas nossas atitudes. O que nos leva a sonhar e querer sempre o melhor aos nossos amigos. Com isto, portanto, temos que manifestar nossa vontade de aprender, servir e nunca desistir. Neste tempo, temos apenas uma vida e, sendo assim, vamos vivê-la intensamente. Compartilhando as boas coisas da vida com os nossos amigos.

Celso Ant. Dembiski

O Amor Que Tenho




Quero viver a essência do amor
viver os sonhos dos anjos
doar-me na simplicidade
para somar toda a felicidade
do amor que tenho no coração.

Quero viver a essência do amor
partilhar o meu aprendizado
sem medo de errar
quero assim poder dar
o amor que tenho recebido.

Quero viver a essência do amor
usufruir de todo o Universo
brindar até nos momentos incertos
sem medo de ser exagerado
deste amor que tenho guardado.

Quero viver a essência do amor
que se exprime tão faceiro
não se escondendo no tempo
capaz de resistir a tormentos
pelo amor que tenho para dar.

Quero viver a essência do amor
na certeza do meu olhar
entregar-me por inteiro
mostrando nos lábios o sorriso
todo amor que tenho é verdadeiro.

Celso Ant. Dembiski

Assumir as Tristezas




Eu gostaria de estar sorrindo
mas nem fingir eu consigo
sinto-me tão triste
que só busco me isolar
queria ter um ombro amigo
para nele poder desabafar
parece ser tão fácil
quando estamos do outro lado
nos sentimentos fortes e capazes
como é bom um afago
uma palavra de conforto
desejando um colo aconchegante
nesta hora não vemos maldade
só pensamos nos problemas
que nos deixam num dilema
sejam eles grandes ou pequenos
não enxergamos as soluções
tamanhas são nossas tristezas
as forças se esvaem
sem a gente perceber
podemos entrar em depressão
que lentamente consome
nossas forças vão minando
se não mudarmos tal situação
então chega de fingir
eu, você e tantos mais
vamos buscar um motivo
acabar com está tristeza
para se alegrar e sorrir.

Celso Ant. Dembiski

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Teus Olhos




Olhei dentro dos teus olhos
vi o brilho que e media
debaixo acima era olhado
notei que era por fora
que os teus olhos me viam.

Tentei descobrir as verdades
que neste instante existia
os olhos que só viam por fora
não condiziam com o que me dizia
porque não era a alma que sorria.

Do modo que eu era olhado
uma grande insegurança batia
no peito um sentimento pesado
que teus olhos me descreviam
era só por fora que eu existia.

Depois de tanta contemplação
descobri o que diziam seus olhos
no brilho que irradiavam
ao ver-me em estado bruto
não tinha sentimentos íntimos.

Teus olhos quando me viam
eram puros e tão sinceros
demonstrando total alegria
por desfrutar da minha companhia
era como amigo que me via.

Celso Ant. Dembiski

Nossa Vida é um Rio




No alto da serra
entre matas verdes
e as mais diversas pedras
surgem as nascentes
que brotam mansamente
escorrem corredeiras abaixo
fazendo em seu caminho
o início de um rio
formando córregos diversos
que vão se encontrando
água pura e cristalina
quando ainda escondidas
permeiam entre as pedras
e também toda a vegetação
é o encanto da natureza
que necessita de preservação
escorrendo vida abaixo
mostrando seu esplendor
nas mais belas paisagens
por onde o rio se formar
e o seu rumo continuar a seguir
assim também é a nossa vida.

Celso Ant. Dembiski

Quero Amar




Quero amar muito
amar perdidamente
com força descomunal
de forma natural
quero eu, assim, amar.

Quero amar muito
sentir o gosto da paixão
fazer pulsar o coração
nas batidas descompassadas
quero eu, assim, amar.

Quero amar muito
ficar tão embriagado
meu corpo extasiado
de um gostoso sentir
quero eu, assim, amar.

Quero amar muito
extravasar minhas emoções
sem dilacerar o coração
um pulsar diferente
quero eu, assim, amar.

Quero amar muito
despertar meus sentimentos
verdadeiros momentos
escoltá-los pelo tempo
quero eu, assim, amar.

Quero amar muito
sem qualquer ilusão
herdados por simples valores
um amor incondicional
quero eu, assim, amar.

Celso Ant. Dembiski

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Escolhas




Minhas escolhas são pessoais
dou vida e vazão aos sonhos
construo os meus sentimentos
lido com minha realidade
sem medo da maldade.

Escrevo páginas da vida
de acordo com minhas emoções
entre as alegrias e tristezas
exploro todos os meus conceitos
com prazer da superação.

Um dia após o outro
desafio os meus momentos
busco dilacerar os medos
enfrentá-los em total desapego
na realidade dos sonhos.

Na dor ou no amor
revejo os meus impulsos
não importa como seja
procuro tudo poder superar
nas escolhas que eu fizer.

Celso Ant. Dembiski

Movimento das Águas




No costado do rochedo
escuto em grande estalar
são as ondas que batem
e com força estrondam
fazendo as pedras se banhar.

Uma visão tão deslumbrante
que encanta qualquer ser
não tem um que não pare
para adivinhar esta beleza
desencadeada pela natureza.

O mar por vezes revolto
noutras tão tranquilo
se agiganta em suas ondas
mostrando sua imponência
reverencia deixando brumas na areia.

Neste movimento de vai e vem
o barulho da água nas pedras
criando uma linda sinfonia
faz-me viajar no tempo
velejando em alto mar.

Celso Ant. Dembiski

Tua Ausência




Tua ausência me espanta
mostrava seu bem estar
sumiu de uma hora para outra
sem dar qualquer explicação.

Tua ausência me incomoda
trás me uma dor desmedida
num desconforto tão incontido
sem saber o que aconteceu.

Tua ausência me desperta
pela tua falta que é sentida
isso é o que intriga
pelo sumiço sem nenhuma notícia.

Tua ausência me impressiona
por ser pessoa tão batalhadora
não deixou recado para onde foi
e o abandono foi o que marcou.

Tua ausência me consterna
mostrava-se presente toda hora
buscando sempre se direcionar
jamais mostrou medo de errar.

Tua ausência me reconforta
fugindo dos padrões rotineiros
hoje sei que pode ter ido a luta
buscando caminhos de novos Mundos.

Tua ausência me lembrarei
porque sozinho acabei ficando
não posso lamentar o acontecido
e assim vivemos o nosso destino.

Celso Ant. Dembiski

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Alegria de Amar e Viver




Na linda harmonia do amor
nos encontramos para amar
na eterna alegria de viver
nos amaremos pelo prazer.

Ao despertarmos as delícias do sexo
entregarmo-nos ao verdadeiro amor
deliciando ao prazer da cumplicidade
nos entregaremos a um só corpo.

Deitados em nossa cama macia
sedentos pelas caricias mais desejadas
desnudos os corpos ao deleite
brilham nossos olhos pelo fato consumado.

O amor nos devora sublime
nos faz reviver cada sentimento
no êxtase do amor desejos incontidos
pelo fogo da paixão sem pudor.

Esse lindo amor que é compartilhado
desenrola-se nos devidos conformes
procurando todos os momentos vivenciar
a cumplicidade do amor e prazer pelo sexo.

As palavras ditas á todo instante
precisam ser muito bem compreendidas
no afã de se viver bem a vida
para assim eternizar este lindo amor.

Celso Ant. Dembiski

O Que Saber Dizer




Queria muitas coisas lhe dizer
sem medo poder te contar
mas tenho medo em falar
porque mal te conheço
a insegurança faz calar-me
difícil é poder encontrar
as palavras certas para o momento
pois não sei como poderá entender
como será que vai me interpretar
esse Mundo parece tão diferente
que até por louco posso passar
minha inspiração está falhando
tenho medo de ser confundido
ficar perdido na escuridão
não encontrar a luz no final do túnel
não sei por qual caminho devo seguir
ou sigo o rumo do rio
perdendo o rumo do meu destino
se ainda, falo tudo o que sinto
com medo da sua reação
dos sentimentos de culpa ou não
tudo que agora eu sei
como foi bom te conhecer.

Celso Ant. Dembiski

Sentidos Desconhecidos




Com tão poucos sentidos
buscamos querer descobrir
coisas que não vemos
mas percebemos sem saber...

Tantas são as buscas
não sabemos onde procurar
vasculhamos todos os cantos
sem saber o que encontrar...

Atraídos nós nos sentimos
uma conspiração no ar
buscando quere descobrir
em tudo passamos a desconfiar...

Mesmo aquilo que estamos vendo
nem sempre vamos acreditar
ficando com um pé atrás
por não saber se podemos compartilhar.

Celso Ant. Dembiski

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Amadurecimento




Chegou á hora de agir com sabedoria
retirar das profundezas do meu ser
o tormento transformar em calmaria
sendo tudo revisto pelo amadurecimento
a hora do lamento já se foi
e as agruras que antes eram amarguras
neste momento deixou de ser
nos meus lábios apareceu o sorriso
minha alma sentindo-se mais leve
fazendo meu corpo poder descansar
justo agora podendo tudo aceitar
pela experiência que a vida trouxe
meu aprendizado a cada dia se faz
este amadurecimento se torna evidente
pelas atitudes que meu corpo executa
fazendo com que minha vida
tenha fases de muitas adaptações
tornando-a mais rica e amena.

Celso Ant. Dembiski

domingo, 1 de novembro de 2009

Loucos Sonhos




Quem não é feito de sonhos
daqueles que são realizáveis
como também dos intermináveis
tantos são tão desapercebidos
enquanto outros, no tempo reconhecidos
buscando sempre a conclusão
que por vezes, indefinidos
também não são compreendidos
o pior é viver dos sonhos de amores
por amores mal resolvidos
que ficam mal esclarecidos
a passar e o tempo é perdido
deixamo-nos tomar pela emoção
quando devemos usar a razão
sentimentos que nos impulsionam
carregados pelos loucos sonhos
das mais tentadoras paixões.

Celso Ant. Dembiski

Ensinamentos Nunca Esquecidos




Não posso voltar ao passado
não tenho a máquina do tempo
como querer conhecer o futuro
se eu não souber viver o presente.

O meu passado ficará para trás
marcado apenas pela lembrança
que me trará quando preciso
os sonhos da minha infância.

De que adianta querer apagar
a história dos meus passos vividos
neles aprendi ser o que sou
em cima dos erros e acertos antigos.

Minha luta será postergar
aquilo que de ruim não serviu
que com sabedoria consegui aprender
resistindo pelos tempos de outrora.

O caminho da nova vida
trás resquícios mais antigos
forçando o meu aprendizado
para que nunca seja esquecido.

Celso Ant. Dembiski