quinta-feira, 29 de março de 2012

Hum! Esse Amor Proibido



Hum! Esse amor proibido
deixa-me muito atiçado
de tal forma me agride
que fomenta minha libido.

Hum! Esse amor proibido
parece ser fruta do pecado
quando se mostra atrevido
pedindo para ser devorado.

Hum! Esse amor proibido
leva-me a caminhos desconhecidos
alço alto, em vôos insanos
no peito os desejos mais profanos.

Hum! Esse amor proibido
será que é inferno ou paraíso
vou aproveitar cada momento
assim, não fico neste martírio.

Hum! Esse amor proibido
cresce num prazer tão ardente
que consome as minhas forças
só você que apaga essa chama.


Celso Ant. Dembiski

Esperança



O que sempre ouvimos, seja quem quer
que diga. “A esperança é a última que
morre.” Então, não podemos esmorecer,
precisamos crer que há dias melhores.

Sabendo que após cada noite, temos
um novo dia a enfrentar. Viver cada
minuto tão intensamente, onde as
emoções se manifestam tão livremente.

A cada atitude que tomamos,
consequências serão estabelecidas, visto que
somos responsáveis por nossos atos e,
devemos aceitar as o que acontecer.

Temos que aproveitar, para tirar o
máximo de proveito, de cada situação
sendo elas boas ou não, para
que tenhamos um belo aprendizado.

Temos que fazer com que todas as nossas
emoções, sejam vividas em sua plenitude.
Já que temos que acreditar, que a
Esperança é a última que morre.

Celso Ant. Dembiski

Apenas Silêncio





 O silêncio

é um tempo

que se consome

e nada

pode-se fazer

a não ser

calar e refletir

sobre o que

está a acontecer.


Celso Ant. Dembiski