sexta-feira, 27 de abril de 2012

Apenas




Roubaste-me

na pura inocência

de um beijo

o meu mais

sagrado desejo.


Celso Ant. Dembiski

Primeiro Encontro




Nosso encontro
estava marcado
nas estrelas predestinado
um sonho a ser realizado
quando você apareceu
tudo quer era mágico
logo veio e aconteceu
teus lábios delineados
carnudos e encarnados
os meus deixou manchado
e o corpo ficou arrepiado
uma excitação descomunal
parecia ser angelical
pura e tão ingênua
intensa e muito envolvente
deslizei pelas curvas do teu ser
selando o nosso encontro
o primeiro, de tantos outros.

Celso Ant. Dembiski

Cama de Cetim





A Penumbra desce

o cetim enruga

as rendas aparecem

teu corpo desnudo

a música suave

um vinho gelado

a noite promete

a entrega do prazer

entre eu e você

a conjunção do Amor.


Celso Ant. Dembiski

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Meu Coração



Quantas vezes já me perguntei
qual é o tamanho do meu coração
não sei a extensão dos sentimentos
porque são tantas as emoções.

Qual é a velocidade dos pensamentos
que faz pulsar as batidas do coração
porque é quando eu te encontro
ele quase salta para fora do meu peito.

Numa busca de tantas explicações
acabo descobrindo que estou vivendo
as mais diversas sensações existentes.

Em um misto de tantos sentimentos
minhas descobertas ainda são pequenas
escondidas dentro deste meu coração.

Celso Ant. Dembiski

Na Penumbra



Esconde teu corpo
atiçando meus sentidos
aguçando minha libido
quase nada eu vejo
apenas toco, eu sinto.

Tudo é tão atraente
cada toque envolvente
sentindo a pele
na ponta dos dedos
também a cada beijo.

Num desejo indiscutível
o perfume inebria
nossos corpos entrelaçados
em perfeita sincronia
se amando na penumbra.

Celso Ant. Dembiski

Folha em Branco



Ah! Você nem imagina
essa folha toda branca
sem qualquer linha traçada
parece apagada, sem vida
transforma-se num momento
quando minha caneta pena
que sem dó nem piedade
macula toda em tinta azul
dando assim, sinal de vida
com um imenso carinho
rabisca palavras tão intensas
na qual você bem absorve
a tinta fria e molhada
que na firmeza da mão
suaviza com a caneta pena
dando alegria ao ser preenchida
com a merecida dedicação
de quem gosta de transcrever
com volúpia e muita paixão
agora esta folha toda transcrita
carrega parte da minha vida
e para sempre ficará marcada.

Celso Ant. Dembiski