segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Duas Vidas, Dois Destinos



 Como nossa vida mudou
no começo era tudo alegria
as palavras soavam como sinfonia
tamanha era nossa sincronia
de nos falarmos todos os dias.

Mas como nem tudo é perfeito
sonhos acabam não realizados
talvez, seja por algum deslize
algo deixou de ser concretizado
uma crise de lamentos começou.

Ficamos a questionar os sentimentos
será que tudo o que nós falávamos
era realmente tudo verdadeiro
agora as coisas não são as mesmas
virou vinagre o nosso vinho.

Toda nossa inocência já não existe
a alegria de antes, agora é tristeza
tudo o que parecia ser sinfonia
hoje, já não é mais nenhuma harmonia
cada qual com a sua única verdade.

Parecemos viver em Mundos diferentes
tudo que antes era partilhado
não parece ter mais sentido
o desgaste é um fato decisivo
agora duas vidas e dois destinos.

Celso Ant. Dembiski

Sua Ausência



Sua ausência é tão marcante
que me faz sentir tão só
busco respostas onde não há
tamanha é a solidão do meu ser
inquieto não sei o que fazer.

Sua ausência é tão desgastante
deixa-me tão perdido
no meu mundo um buraco grande
com medo de seguir adiante
e prostrar no abismo profundo.

Sua ausência é tão infantil
sumir sem qualquer rumo
sem nenhuma explicação
ficando um grande vazio
que precisa ser preenchido.

Sua ausência é tão sentida
afastando-se pelo tempo
deixando nesta sua fuga
apenas um grande rastro

Sua ausência é tão danosa
dilacera meus sentimentos
numa angustia tão sufocante
que todo meu corpo sente
e minha alma chora loucamente.

Celso Ant. Dembiski

Fechados pela Intolerância



Muitas vezes em nossa vida
não ouvimos o que nos dizem
por uma intolerância qualquer
de pessoas que nos cercam
em nosso convívio diário
isto porque não aceitamos
que alguém nos diga o que fazer
pessoas que do nada desprezamos
por achar que tem defeitos
quando em pura verdade
não olhamos para nós mesmos
e por vezes erramos em demasia
por puro despeito dos sentimentos
quando não conhecemos a fundo
fazendo com que a vida
nos mostre o quanto nos enganamos
ao julgarmos outras pessoas
sem antes conhecermo-nos
como realmente somos
perante as outras pessoas
que nos rodeiam diariamente
e muito pouco as conhecemos.

Celso Ant. Dembiski

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Um Novo Amanhecer



Que em cada novo amanhecer
o Sol desponte no horizonte
trazendo os mais belos raios
transbordando toda sua energia
para alegrar dentro do coração
fazendo com que a alma flutue
cheia de vida e muita esperança
em um novo recomeço
de um dia mais reconfortante
tendo a oportunidade de realização
dos desejos e novos sonhos
que perseguimos conquistar
a cada dia de nossas vidas
tentando assim, poder concretizar
os seus verdadeiros ideais
em um novo amanhecer.

Celso Ant. Dembiski

O Que é o Amor!!!



Simplesmente não tem explicação
com certeza, apenas, uma transformação
que por vezes não tem definição
exprime um grande sentimento.

Brota no peito feito uma semente
nascendo para uma nova vida
exprimindo sensações tão agradáveis
mudando as ações no seu convívio.

Independente da nossa vontade
instala-se no peito de forma ardente
que nos olhos cintilam as emoções
operam milagres desta transformação.

Capaz de mudar qualquer vida
fazendo renascer novas esperanças
tirando até quem está na lama
pelos sentimentos que crescem no peito.

Dando a vida um novo colorido
fazendo sonhar grandes momentos
mudando o seu próprio destino
que parece ter sido escrito nas estrelas.

Tudo se torna tão radiante
que produz as mais fortes sensações
dando um novo sentido da vida
pela descoberta do Amor no Coração.

Celso Ant. Dembiski

Por Vezes



Por vezes, sinto-me tão inseguro
querendo uma palavra de conforto
ou mesmo um ombro amigo
querendo alguém para conversar
dizer aquilo que já sabemos
mas teimam não querer entender.

Por vezes, sinto-me imaturo
como se eu nada na vida conhecesse
deixando passar alguns bons momentos
por medo de enfrentar a vida
nas coisas que já conheço
e tenho medo de não fazer direito.

Por vezes, sinto-me tão frágil
os sentimentos se despedaçando
como se eu estivesse em frangalhos
precisando colar cada pedaço
que se esmigalha com o tempo
corroendo-me todo por dentro.

Por vezes, sinto-me tão sozinho
busco querer encontrar um caminho
livrar-me desta angustia danada
que teima em meus sentimos ficar
não abrindo nenhum espaço
deixando de enfrentar a vida.

Por vezes, sinto-me tão desamparado
sem ter com quem poder contar
onde tudo o que eu tento fazer
estou sozinho e ninguém para ajudar
desorientados ficam até os pensamentos
fazendo-me também, na vida desacreditar.
Celso Ant. Dembiski

Corpo e Alma




Somos feitos de corpo e alma
com os mais diversos sentimentos
que nos levam a alegrias e tristezas
em momentos que nos são diferentes.

Por vezes não entendemos os fatos
tantas coisas que nos acontecem
distúrbios manifestam na alma
e o corpo acaba padecendo.

Noutras tantas vezes o contrário
tudo corre as mil maravilhas
a alma reflete o esplendor da alegria
e o corpo corresponde às expectativas.

Nosso corpo é apenas uma máquina
que trabalha conforme os sentimentos
não importa como eles acontecem
é o estado da alma que fará agir.

Nossas atitudes correspondem aos atos
que nos levam a viver cada dia
buscando sempre o nosso interesse
da integração do nosso corpo e alma.

Celso Ant. Dembiski

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Que EU



Que eu, não possa permitir
deixar de sonhar na vida
sem medo de tentar realizar
os meus mais loucos desejos
que à noite estarei a sonhar.

Que eu, não possa desistir
ao entrar por caminhos sinuosos
que me farão com medo prosseguir
sem saber o que vou encontrar
não poderei deixar de em frente seguir.

Que eu, não possa desanimar
quando encontrar qualquer obstáculo
que venha querer-me tirar a vontade
de buscar a alcançar meus objetivos
que fazem do meu destino.

Que eu, não possa silenciar
refugiando-me por algum canto
sem querer com alguém compartilhar
o aprendizado que eu tive
ao longo dos meus novos caminhos.

Celso Ant. Dembiski

Minha Busca



Desde sempre estou procurando
o melhor da minha vida
enquanto eu não encontrar
estarei sempre a procurar.

Não importa o quanto dure
pedras no caminho encontrarei
serão obstáculos da vida
os quais eu terei que conhecer.

Seja com frio e calor
se for à noite ou de dia
isto pouco me importa
minha busca será constante.

O aprendizado se faz todos os dias
para que, assim, eu tenha
um crescimento na vida
tanto cultural como espiritual.

O meu processo é de renovação
buscando em cada novo caminho
conhecimentos naquilo que procuro
para viver uma vida mais feliz.

Celso Ant. Dembiski

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Calor no Peito



No crepitar da fogueira
labaredas saltam no ar
fagulhas se espalham
levadas pelo vento
ficam a bailar
até se desintegrar
não tendo o que queimar
assim, também, os sentimentos
que ardem no peito
percorrendo o corpo
num pulsar faiscante
pelas veias pulsantes
produzindo endorfina
estimulando a adrenalina
liberando o humor
obrigando o corpo queimar
a alegria que se manifesta
sem se ofuscar
e que vem irradiar
na noite escura
a fogueira acessa
nos olhos que brilham
entre o Céu e a Terra
dentro do meu peito
todo o calor do amor.

Celso Ant. Dembiski

Meu Sentir



Aquele meu sentir
era tão franco
e por certo
que nem rumo tinha
apenas sei, eu sentia
não havia sul
muito menos norte
a brisa branda
chegava tranqüila
aguçando os sentidos
de olhos fechados
passei a viajar
por tão belo lugar
onde eu sentia
meu peito se agitar
buscando naquela alegria
poder retribuir
aquela doçura
que me fazia suspirar
você tão linda
de braços abertos
correndo para me abraçar
só ainda não sei
aquele meu sentir
quando este dia
realmente vai chegar.

Celso Ant. Dembiski

Falar de Amor



O dia que for falar de amor
busque lá no fundo do coração
deixe fluir teus sentimentos
não importa qual seja o tempo
olhe bem dentro dos olhos
não deixe se enganar
coloque em palavras o que pensa
faça com que tudo aconteça
para que nunca se esqueça
da magia deste momento
que é único a cada tempo
decisivo e tão surpreendente
só assim, tudo poderá acontecer
aquilo que carrega no peito
e uma louca vontade de expressar
o desejo de realizar os sonhos
que tudo se torne realidade
ao demonstrar o amor sincero
sendo tão puro e verdadeiro.

Celso Ant. Dembiski

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Mudanças



Nossa vida é uma grande mistura
onde teremos bons e maus momentos
com dias de sol ou de chuva
mudanças que serão sempre freqüentes
fazendo com que busquemos mudar
a cada novos acontecimentos
para que ela não seja enfadonha
e com isto, podermos ser mais feliz.

Celso Ant. Dembiski

Viver Sozinho



Queria algo poder dizer
quem sabe, algo escrever
sinceramente, eu já nem sei
de qual forma poder expressar
aquilo que guardo no peito
entalado em minha garganta
uma palavra que não sai
muito menos consigo escrever
isto vai me angustiando
sufocado ficam os sentimentos
num tormento quase constante
que fomenta a ansiedade
atribulando meus pensamentos
em ver-te tão desesperada
e eu nada poder fazer
porque você nunca quis ouvir
mandando para sempre me calar
achando que não tenho razão
muito menos dar minha opinião
já que a vida não é minha
por isso não devo me meter
sou apenas um conhecido
que não faz parte do seu convívio
terei que me manter calado
ficar com os olhos vendados
tapar os meus ouvidos
e deixar você, assim, viver
sem querer-me como amigo.

Celso Ant. Dembiski

Compartilhar



A tua presença me transforma
tenho até medo de mudar
não sei se viro uma criança
ou um adolescente extasiado
numa insegurança desmedida
com medo de abrir a boca
e não dizer o que estou sentindo.

Meu peito bate tão acelerado
que até parece em disritmia
dentro de uma alegria infinita
o alimento da minha alma
corre por todas minhas veias
num verdadeiro sentimento
a esperança dentro do peito.

Uma grande força que se instala
em meu corpo por inteiro
faz-me tremer dos pés a cabeça
que procuro nem do lugar sair
tentando demonstrar toda confiança
já que a ansiedade é tamanha
de ter você na minha presença.

Num desejo quase louco
que agora eu não posso perder
procuro com atenção e carinho
demonstrar o que realmente sinto
estando diante da sua pessoa
com toda intensidade e confiança
nos mais puros dos meus sentimentos.

Que eu não tenha medo de dizer
no peito a razão do meu ser
exprimindo o mais puro amor
na esperança de ser recompensado
que assim, eu possa desfrutar
das tuas alegrias e tristezas também
pelo resto de todos os meus dias.

Celso Ant. Dembiski

Rosas



O Mundo sempre mudando
conforme o tempo vai passando
mas, sua verdadeira origem
é que não muda nunca
seja no dia que for
mesmo em estações diferentes
estão na nossa vida presentes.

Não importa a que tempo seja
pela manhã, tarde ou à noite
diversos podem ser os momentos
dos mais variados sentimentos
são recebidas a contento
entregues por uma ou mais pessoas
dependendo apenas, da ocasião.

Sua forma expressa alegria
transmitindo as mais puras emoções
fazendo o coração palpitar
não importa qual seja o tempo
mesmo que depois de cortadas
exprimem os mais belos sentimentos
aflorados dentro do nosso peito.

Por vezes ficamos em silêncio
refestelados pela embriagues momentânea
curtindo com os olhos em chama
uma volúpia que transcende
por admirar esta bela criação
sendo um dos presentes mais lindos
rosas, as mais perfeitas flores do Mundo.

Celso Ant. Dembiski