sábado, 13 de julho de 2013

O Prazer da Sua Voz



Quando ouço sua voz
sinto meu corpo arrepiar-se
como se, suas delicadas mãos
tocassem meu corpo por inteiro.

A cada palavra pronunciada
o envolvimento se faz maior
meus olhos desabrocham alegrias
plantadas dentro do coração.

Num efeito que é tão intenso
ocorre de forma instantânea
são palavras que me confortam
inundando meu ser de energias.

Tuas mãos despojam meu corpo
numa sofreguidão inebriante
mesmo que você esteja ausente
sua doce voz tem este comando.


Celso Ant. Dembiski