quinta-feira, 14 de maio de 2015

Viver



Hoje não trago sonhos
quero viver um novo dia
sem as saudades de outrora
apenas, os momentos presentes
para que tudo seja diferente
do que já vivi até agora
sem nenhum choro ou quimera
tendo novos dias de amores
dessa esperança que nunca morre
quero sorver no sol da manhã
também na brisa da noite
viver cada um desses instantes
em novos dias que ainda tenho.

Celso Ant. Dembiski