quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Desatenção



Como somos tão desatenciosos
por não prestar mais atenção
deixamos as coisas mais belas
ficarem longe da nossa visão.

São tantas as belezas da vida
que por vezes não nos apercebemos
as oportunidades passam ligeiro
sem nos dar conta do dia a dia.

Deixamos de apreciar belos momentos
porque vivemos sempre afastados
reclamando da vida agitada
presos por convenções inadequadas.

Tantas coisas queremos fazer
não encontramos o devido tempo
porque a pressa nos faz correr
sem parar para na vida pensar.

Nossos sentimentos vivem a reclamar
porque não conseguimos apreciar
tão belas e raras paisagens do caminho
no qual todos os dias estou a passar.

Celso Ant. Dembiski