quarta-feira, 24 de agosto de 2011

O Brilho do Meu Caminho



Oh! Majestosa lua
que portentosa brilha
irradiando meu caminho
eu sigo pelo brilho
procurando encontrar
a minha própria luz
que em algum caminho
simplesmente eu perdi
ficando entristecido
por um mal entendido
eu me deixei levar
fechei os olhos
e você já não estava lá
assim, tudo escureceu
no peito eu senti
que você partiu
carregando o meu brilho
num caminho desconhecido
a ti vou procurar
para ver nos seus olhos
o brilho do meu olhar
voltou para te iluminar.

Celso Ant. Dembiski