domingo, 16 de outubro de 2011

Minhas...



Minhas forças...
Já não são as mesmas
as injustiças são tantas
que é difícil suportar
tudo se esvaindo
porque vivo a lutar.

Minhas lágrimas...
Já estão quase escassas
raras as que insistem
e teimam em rolar
sem vontades próprias
não querem chorar.

Minhas vontades...
Já abdiquei muitas vezes
por situações diversas
em busca de ajuda
para aqueles necessitados
que meus anseios requerem.

Minhas atitudes...
Já marcaram tanto
fiz coisas erradas
acertei muitas outras
buscando sempre acreditar
os caminhos da vida seguir.

Celso Ant. Dembiski