sábado, 1 de outubro de 2011

Olhos que Devoram



Porque você me desnuda assim
teus lindos olhos me devoram
em uma volúpia tão desmedida
fazendo do meu ser tua morada.

Este teu jeito que é tão instigante
busca desconsertar meu semblante
numa grande e desenfreada emoção
teu olhar consegue me ver desnudo.

Agora paralisei e todo embaraçado
não sei se paro ou vou em frente
sinto meu corpo ficar bem gelado
esse teu olhar deixa-me desconsertado.

O arrepio que na espinha eu sinto
com este teu jeito de olhar sensual
aquele frio em que meu corpo existia
transformou-se num fogo em ebulição.

O que eu devo fazer neste momento
ficar parado apenas te olhando
deixando que meus olhos se embriaguem
desnudando e devorando teu corpo também.

Celso Ant. Dembiski