quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Duas Faces do Olhar



Neste olhar duas faces
uma que fica no escuro
que através das nuances
sinto-me até inseguro.

Há um medo que habita
sem enxergar a verdade
sendo assim, o coração palpita
para enfrentar a realidade.

Quando vejo com clareza
enfrento melhor cada dia
a vida tem outra pureza
lutando sempre com a ousadia.

Num misto que me invade
de alegria e tristeza me visto
está é uma grande verdade
no olhar da claridade insisto.

Celso Ant. Dembiski