terça-feira, 24 de maio de 2011

Amor Escondido



Demorei tanto para te encontrar
achei que havia te perdido
e nunca mais iria te encontrar
você estava bem escondida
e tudo ia te encobrindo
lentamente eu fui te esquecendo
sem vontade de correr atrás
o tempo, assim foi passando
muitas coisas se acumulando
sem deixar qualquer vestígio
meu coração foi se aquietando
por medo de sofrer novamente
até descobrir que há uma via
que precisa todo ciclo terminar
e numa busca de reflexão
encontrei teus resquícios perdidos
escondidos neste meu pobre coração
frustrado enquanto estava esquecido
precisando renovar as esperanças
desse amor que reencontrei
e agora poderei, enfim, viver
com amor no coração novamente.

Celso Ant. Dembiski