terça-feira, 17 de maio de 2011

Oh! Lua



Oh! Noite, quão bela é a lua
que desponta produzindo magia
embevece assim, qualquer passante
quando caminha por qualquer rua.

Oh! Lua, que deslumbra altiva
inspira e atrai qualquer um
encantando os corações apaixonados
refletida por todos os cantos.

Oh! Céu, que nos compartilha
junto com estrelas que brilham
essa majestosa lua que se desnuda.

Oh! Nevoa, que em contraste cai
como lágrimas de um pranto
é reflexo nos olhos da magnífica lua.

Celso Ant. Dembiski