quinta-feira, 9 de maio de 2013

Ah! Como eu queria



Ah! Como eu queria hoje
poder olhar nos seus olhos
tirar a agonia dos meus
para assim, sentir minha paz.

Ah! Como eu queria hoje
poder olhar na sua boca
e ler nos seus lábios mudos
palavras para me acalmar.

Ah! Como eu queria hoje
poder olhar nos seus dedos
e no afago sentir que é capaz
de segurar minhas lágrimas.

Ah! Como eu queria hoje
poder olhar no seu coração
e nele ler teus sentimentos
para entender está solidão.

Ah! Como eu queria hoje
poder olhar na sua aura
descobrir o anjo que você é
irradiante transmitindo sua Luz.

Celso Ant. Dembiski