quarta-feira, 22 de maio de 2013

Cheiro da Terra



No prenuncio da chuva

os pingos que caem

levantam o cheiro do pó

da terra molhada

e é tão inevitável

que penetra nas narinas

trazendo lembranças de outrora

que extasia quem tem saudades

dos seus tempos de infância.


Celso Ant. Dembiski