quinta-feira, 20 de junho de 2013

Desanimo



Num momento da vida
o desanimo que se abate
deixa o corpo sem reação
inerte, fico na mesma posição
as forças se minguam
sem vontade do quarto sair
na cama fico a pensar
sentado nas próprias pernas
pensamentos mil a rodar
na transparência do meu ser
sinto a solidão, no corpo invadir
precisando de afagos e carinhos
ponho-me a chorar dessa angustia
deixando apenas, o tempo passar.

Celso Ant. Dembiski