domingo, 23 de junho de 2013

Ensina-me



Ensina-me a ver com os olhos fechados
este mundo tão louco, que a
cada dia torna-se mais perigoso.

Ensina-me a entender melhor
os sentimentos, que a todo momento
surgem novos fatos e acontecimentos.

Ensina-me a buscar melhores
oportunidades, fazendo com que eu
me desligue das rotinas do dia a dia.

Ensina-me a poder mostrar, todo
o conhecimento que adquiri, durante
as minhas lutas, com vitórias e derrotas.

Ensina-me como posso amar, sem
qualquer cobrança, sendo que amamos
e somos amados e, por vezes não correspondidos.

Ensina-me a viver a vida, como ela é
nos ofertada, por que cada momento
é único e, não teremos tempo para ensaios.

Celso Ant. Dembiski