domingo, 27 de março de 2011

Ter-te



Ter-te é o que mais quero
poder desfrutar nosso tempo
conhecer-te por inteira
sem medo e nenhum dilema.

Ter-te é sentir teu cheiro
que exala na cama desarrumada
onde deixa a sua marca
e somente eu posso deleitar.

Ter-te é partilhar teus momentos
não mostrar qualquer receio
sem medo de ser feliz
em todos os cantos que estivermos.

Ter-te é experimentar a vida
para mostrar-te como sou
abrindo as portas do coração
concretizando os sonhos em realidade.

Ter-te é saber que posso carregar
nas mais loucas fantasias
de que és minha por inteira
para eu sempre poder te amar.

Celso Ant. Dembiski