domingo, 14 de fevereiro de 2010

O Peso da Minha Cruz



Momentos dolorosos todos temos
uns mais que outros
instantes de perdas dolorosas
que até parecem sangrentas
mesmo sem sangue escorrer
é sinal de luto e muita dor.

Momentos que dificultam o caminhar
o peso que se carrega nos ombros
muitas vezes não conseguimos suportar
não temos a devida força
nem mesmo a de se sustentar
precisando de um apoio para se encostar.

Momentos que perdemos a fé
por acharmos que estamos sendo punidos
que não merecemos sorte melhor
atordoados pelos acontecimentos fatais
deixando-nos frágeis e vulneráveis
e os nervos a flor da pele.

Momentos de silêncio que maltrata
dilacerando no peito todos os sentimentos
na revolta de não querer aceitar
dos conflitos internos por qualquer perda
fazendo com que o peso desta cruz
seja somente EU parar poder carregar.

Celso Ant. Dembiski