segunda-feira, 15 de março de 2010

Que Nome Tem!



Ah! Essa minha alma
será que tem nome!
se tem, isto eu não sei
quem dera, eu soubesse!
para que nada impusesse
sobre as alegrias do amor
nas tristezas da vida
vivenciando um puro sabor.

Ah! Essa minha alma
será que tem nome!
em minha doce vida
que eu penso ser pura
sem qualquer maldade
carrego em meu peito
a chama da paixão
em momentos tão meus
que eu busco conhecer.

Ah! Essa minha alma
será que tem nome!
onde é que você se esconde
com que forma, isto não sei!
vou continuar te procurando
nos cantos mais escondidos
também, nos olhos de alguém
quem sabe possa eu descobrir
o nome que minha alma tem.

Celso Ant. Dembiski