sábado, 18 de dezembro de 2010

Alegria de Viver



Por vezes sinto-me inspirado
sonhando bem acordado
escrevendo tantos trocadilhos
que me perco nos pensamentos
dos tantos que quero viver.

A alegria que bate no peito
enche-me de grandes alegrias
parece que, assim, vou explodir
tamanha é a minha felicidade
com que está a me acontecer.

O sorriso sai tão espontâneo
sinto dentro do meu ser
correndo o sangue nas veias
como fonte de pura energia
que penetra pelos poros do corpo.

Sem medo da vida lá fora
penso despontar este momento
cheio de erros e acertos
relatando tudo aquilo que sinto
sem sair da minha verdade.

Celso Ant. Dembiski