domingo, 26 de dezembro de 2010

Sou Vida, Sou Coração



Ah! Coração, sou vida
que me guia dia e noite
pela dor ou pela emoção
sou andarilho e também passante
vivendo aquele momento
mendigo por qualquer carinho
como distribuo os meus também
pois, sou vida, sou pulsante
sem ter medo de errar
movido por tantos sentimentos
por aqueles de pura paixão
como também os de frustração
em alguns momentos a tristeza
noutros tantos de muitas alegrias
certo que sou uma alma viva
enigma de uma simples vida
que me guia noite e dia
Ah! Coração, sou vida.

Celso Ant. Dembiski