segunda-feira, 26 de julho de 2010

Um Pontinho no Horizonte



Um pontinho tão distante
lá onde o sol se esconde
quase que não aparece
mesmo que force os olhos
é um pontinho no horizonte.

Um pontinho tão distante
é a marca que existe
mesmo que não enxergue
é lá que ela persiste
pelo caminho adiante.

Um pontinho tão distante
não espere que se chegue
já que não vai atrás
não levante mais os olhos
se não está no mesmo lugar.

Um pontinho tão distante
cada vez mais adiante
deixei que você partisse
sem o porquê me preocupar
agora vejo um pontinho no horizonte.

Celso Ant. Dembiski