terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Que EU



Que eu, não possa permitir
deixar de sonhar na vida
sem medo de tentar realizar
os meus mais loucos desejos
que à noite estarei a sonhar.

Que eu, não possa desistir
ao entrar por caminhos sinuosos
que me farão com medo prosseguir
sem saber o que vou encontrar
não poderei deixar de em frente seguir.

Que eu, não possa desanimar
quando encontrar qualquer obstáculo
que venha querer-me tirar a vontade
de buscar a alcançar meus objetivos
que fazem do meu destino.

Que eu, não possa silenciar
refugiando-me por algum canto
sem querer com alguém compartilhar
o aprendizado que eu tive
ao longo dos meus novos caminhos.

Celso Ant. Dembiski