segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Duas Vidas, Dois Destinos



 Como nossa vida mudou
no começo era tudo alegria
as palavras soavam como sinfonia
tamanha era nossa sincronia
de nos falarmos todos os dias.

Mas como nem tudo é perfeito
sonhos acabam não realizados
talvez, seja por algum deslize
algo deixou de ser concretizado
uma crise de lamentos começou.

Ficamos a questionar os sentimentos
será que tudo o que nós falávamos
era realmente tudo verdadeiro
agora as coisas não são as mesmas
virou vinagre o nosso vinho.

Toda nossa inocência já não existe
a alegria de antes, agora é tristeza
tudo o que parecia ser sinfonia
hoje, já não é mais nenhuma harmonia
cada qual com a sua única verdade.

Parecemos viver em Mundos diferentes
tudo que antes era partilhado
não parece ter mais sentido
o desgaste é um fato decisivo
agora duas vidas e dois destinos.

Celso Ant. Dembiski