quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Compartilhar



A tua presença me transforma
tenho até medo de mudar
não sei se viro uma criança
ou um adolescente extasiado
numa insegurança desmedida
com medo de abrir a boca
e não dizer o que estou sentindo.

Meu peito bate tão acelerado
que até parece em disritmia
dentro de uma alegria infinita
o alimento da minha alma
corre por todas minhas veias
num verdadeiro sentimento
a esperança dentro do peito.

Uma grande força que se instala
em meu corpo por inteiro
faz-me tremer dos pés a cabeça
que procuro nem do lugar sair
tentando demonstrar toda confiança
já que a ansiedade é tamanha
de ter você na minha presença.

Num desejo quase louco
que agora eu não posso perder
procuro com atenção e carinho
demonstrar o que realmente sinto
estando diante da sua pessoa
com toda intensidade e confiança
nos mais puros dos meus sentimentos.

Que eu não tenha medo de dizer
no peito a razão do meu ser
exprimindo o mais puro amor
na esperança de ser recompensado
que assim, eu possa desfrutar
das tuas alegrias e tristezas também
pelo resto de todos os meus dias.

Celso Ant. Dembiski