domingo, 22 de novembro de 2009

Magia do Luar




Em teus olhos tem brilho
neles enxergo a noite que cai
vejo entre milhares de estrelas
o sorriso que nos lábios tem
perco-me dentro de tanta alegria
que em cada pedaço te resplandece
esse horizonte é tão infinito
que a Lua clareia seu caminho
deixando o meu mais radiante
e neste encanto noturno
até o canto da coruja que pia
torna-se uma simples sinfonia
fluindo-se na mais terna melodia
entre os raios prateados da Lua
fulguram também as estrelas
fazendo deste lindo Universo
o jardim da minha morada
do qual você comigo compartilha
admirando as estrelas e a Lua
sonhando com planetas distantes
estamos nós dois a contemplar
irradiando nos olhos brilhantes
a mais louca vontade de nos amar.

Celso Ant. Dembiski