terça-feira, 10 de novembro de 2009

Quero Amar




Quero amar muito
amar perdidamente
com força descomunal
de forma natural
quero eu, assim, amar.

Quero amar muito
sentir o gosto da paixão
fazer pulsar o coração
nas batidas descompassadas
quero eu, assim, amar.

Quero amar muito
ficar tão embriagado
meu corpo extasiado
de um gostoso sentir
quero eu, assim, amar.

Quero amar muito
extravasar minhas emoções
sem dilacerar o coração
um pulsar diferente
quero eu, assim, amar.

Quero amar muito
despertar meus sentimentos
verdadeiros momentos
escoltá-los pelo tempo
quero eu, assim, amar.

Quero amar muito
sem qualquer ilusão
herdados por simples valores
um amor incondicional
quero eu, assim, amar.

Celso Ant. Dembiski