domingo, 3 de janeiro de 2010

Caminhar




Quando saio caminhar
ando sem qualquer rumo
busco achar em meus pensamentos
a tão sonhada tranqüilidade
dentro do instinto do meu ser
quero que a Paz venha me envolver
ando em passos bem curtos
lentamente para tudo observar
principalmente quando quero achar
as soluções mais práticas da vida
tentando recordar em meus dias
o que deixei de fazer
e as tantas coisas que eu fiz
para poder proveito tirar
e viver num caminhar tranquilo
seguindo apenas o meu destino.

Celso Ant. Dembiski