terça-feira, 13 de outubro de 2009

Alegria em Amar




No romantismo de um poeta
que valoriza os sentimentos da vida
desperta algo de profundo
vendo no sorriso de uma criança
da infância vem à saudade
lembrança quem vem à tona
com o riso vem à gargalhada
jovem que não vê maldade
não importa qual é a idade
na supremacia de suas qualidades
amizade está que fica presente
afeto que trás de sua gente
não importa o tempo perdido
querem ser compreendidos
amar para eles tem sentido
com dignidade superam tormentas
no sorriso vemos ternura
assim é que se estruturam
em suas auras o lindo brilho
um grande amor correspondido
sentindo a profundeza do sonho
um envolvimento que não atrapalha
jovem que reflete tanta doçura
sendo que a vida é uma loucura.

Celso Ant. Dembiski