domingo, 4 de outubro de 2009

Os Olhos Falam




Estes teus olhos me consomem
embriagam meu íntimo ser
de uma forma que nem sei
absorvem os meus pensamentos
diluindo as tristezas existentes
fluindo as mais belas sensações
como as cores do arco íris
penetram no sentido do olhar
podendo assim resgatar
os sentimentos mais profundos
embargando minha própria voz
seca, a garganta arranha
querendo loucamente expressar
as mãos agitam-se afoitas
algo tentando mostrar
mas, tudo isto é impossível
porque , apenas os olhos falam
através das lágrimas que caem
não há pranto e nem dor
e sim, apenas olhares com brilho
que se encontram para o amor.

Celso Ant. Dembiski