quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Um Corpo Uma Alma


Dentro de um corpo
existem duas pessoas
que são tão eloqüentes
por intensidades diferentes.

Umas sofrem tanto
outras amam demais
num contraste desigual
nesta morada espiritual.

Com sentimentos diferentes
em alguns momentos fortes
noutros de forma sensível
assim é o duelo interno.

Que por um lado
encantam com tanta alegria
desprendem-se em harmonia
sem culpa de ser feliz.

A dureza de alguns fatos
levam-nos a tratamento inadequado
deixando-nos tão irritados
aí ficamos mal humorados.

Assim, são as duas partes
que agem de forma distinta
e dentro da sua maneira de ver
seguem o curso da vida que quiser.

Seguem as suas regras
sem medo e nenhuma culpa
neste corpo apenas uma alma
que decide o melhor da vida.

Celso Ant. Dembiski