sábado, 5 de setembro de 2009

Sou o que Sou




Sou a densa névoa
como a brisa que cai
igual ao vento que se propaga
que envolve por onde vai...

Propago por todo canto
em nenhum lugar me escondo
porque preso não sei ficar
vivo livre feito o vento...

Sou o sol em céu aberto
ou como a lua na noite
não importa qual seja o brilho
sou majestoso em qualquer lugar...

Dentro daquilo que sou
com ímpeto, sou vaidoso
agradando o meu coração
fazendo dele minha razão...

Não importa como eu veja
nem a forma que eu venha
estou presente todos os dias
nas mais diversas formas...

No sentimento, as emoções
enriquecem minhas inspirações
buscando dentro do que sou
vivo para alegrar os corações.

Celso Ant. Dembiski